Amor Sem Fim – Capítulo 44

UMA NOVELA DE JHEFF REIS

Ú L T I M A S   S E M A N A S

228-copia-copia-6-copia


Cena 01 | Casa de Cecília | Dia.

Continuação… Cecília atende a porta, Malu entra.

Malu – Vim acertar nossas contas!

Cecília – Contas? Mas que contas? E quem foi que lhe deu a permissão de sair invadindo a minha casa?

Malu (Ignora) – Você é uma vagabunda! Faz de tudo pra destruir a minha família e conseguiu! Mas eu não vou deixar você sorrir com essa cara linda.

Cecília – E o que é que você vai fazer?

Malu vai pra cima de Cecília e a empurra, Cecília cai.

Cecília – O que é isso Malu? Ficou maluca foi?

Malu – Você vai aprender é a não mexer com os meus!

Malu acerta uma tapa no rosto de Cecília. Ela senta sob Cecília e prende as mãos da irmã com seu joelho. Malu bate em Cecília.

Malu (Batendo em Cecília) – Você sua desgraçada mexeu com a família errada!

Cecília – Para Malu! Para!

Malu continua batendo em Cecília.

Cecília – Me solta! Eu não fiz nada!

Cecília faz força e consegue empurrar Malu para o lado, ela se levanta correndo e Malu vai atrás. Malu empurra Cecília encima da mesa de centro.

Malu – Você não vai fugir não sua vagabunda.

Malu coloca Cecília no chão e volta a bater nela.

 

Cena 02 | Casa de Toni | Dia.

Toni está no sofá lendo jornal na internet, Juliana vem do seu quarto.

Juliana – Bom dia tio?!

Toni – Bom dia! Como passou a noite?

Juliana – Muito bem e o senhor?

Toni – Bem também! Fiquei sabendo que esteve na casa de sua mãe é verdade?

Juliana – Quem disse isso?

Toni – O Fábio! Fiquei sabendo ainda que você foi pra brigar com a sua mãe pelo que ela fez com a Amanda e o Fábio acabou ouvindo tudo.

Juliana – Desculpa! Eu não podia deixar isso do jeito que estava. Eu precisava olhar nos olhos da minha mãe pra ter certeza se eu ainda a conhecia, mas infelizmente isso acabou tomando um outro rumo e o Fábio chegou na hora.

Toni – E aonde você vai agora?

Juliana – Vou até a casa dela novamente, mas não vou brigar com ela. Vou só saber como ela está.

Toni – Volta que horas?

Juliana – Não sei! Mas não vou demorar. Quero ver se vou ao hospital pra falar direito com o Fábio.

Toni – Está bem!

Juliana sai.

 

Cena 03 | Salvador BA | Casa de Marcelo | Dia.

João e Vicente colocam suas coisas no carro, Laila está sentada no sofá.

Vicente – Laila? Não vai colocar suas coisas no carro?

Laila – Não! Eu me recuso a ir embora.

Vicente – Mas você e o pai não já conversaram sobre isso?

Laila – Já! Mas eu me recuso a sair! E você por sinal se convenceu muito fácil.

Vicente – Não é que eu me converti fácil. É que eu não tenho força suficiente pra enfrentar ele.

Laila – Nos dois juntos seriamos fortes sim!

João – Deixa de birra que você já não é mais criança! Pega logo essas porcarias de malas e coloca já no carro.

Laila – E quem você pensa que é pra falar assim comigo? O Marcelo?

João – Não! Sou o João mesmo!

Vicente – Vamos Laila!

João – Deixa ela ai! Não quer ir não vai.

João e Vicente saem. Laila demora alguns segundo e logo sai atrás.

 

Cena 04 | Casa de Cecília | Dia.

Continuação… Malu está por cima de Cecília.

Cecília – Malu me solta! Me solta, por favor.

Débora chega.

Débora – Ei? O que significa isso aqui em?

Débora vai e retira Malu de cima de Cecília, Malu acerta uma tapa em cheio na cara de Débora.

Débora – Você ficou maluca sua velha doida?

Malu – E você é uma puta desclassificada!

Malu fecha a mão a acerta um murro em Débora que vai ao chão.

Malu – Você sua vadia acabou com a vida da minha filha.

Malu dá vários chutes em Débora.

Cecília vai pra cima de Malu e a segura pelos ombros.

Malu – Me larga!

Malu acerta Cecília.

Débora – Está descontrolada? Olha só o que você fez! Tirou sangue de mim.

Malu – Eu queria era tirar a sua vida como você fez com a minha filha.

Malu acerta Débora com outro soco. Ela fica sob Débora e começa a estapear Débora.

Débora – Cecília me ajuda! Faz alguma coisa e tira essa mulher de cima de mim.

Cecília se esconde atrás do sofá. Malu sai de cima de Débora.

Malu – Isso é pra vocês não mexerem mais com os meus.

Malu se levanta.

Cena 05 | Hospital | Dia.

Fábio chega ao hospital.

Fábio – Voltei! Cadê a Dona Malu?

Renata – Foi em casa!

Fábio – Em casa? Em casa?

Renata – Foi!

Fábio – Mas eu acabei de vim de lá.

Renata – Então eu não sei! Ela me disse que ia pra Casa.

Fábio – Será que…

Renata – O que?

Fábio – Não deixa pra lá!

Renata – Fala!

Fábio – Será que ela foi pra casa da Cecília?

Renata – Será?

Renata e Fábio ficam pensativos.

 

Cena 06 | Aeroporto | Dia.

Imagem de alguém arrastando uma mala em direção ao guichê. A pessoa faz o Check-in. Faz o check-in e despacha a mala.

Carlos – Finalmente eu conseguiu!

Carlos caminha até a área de embarque.

Carlos – Nem Lívia, nem Fernando! Consegui enganar os dois. Adeus Lívia! Adeus Fernando! Adeus Brasil!!!

Carlos embarca no avião.

 

Cena 07 | Casa de Cecília | Dia.

Continuação… Malu se ajeita depois de bater em Cecília e Débora.

Débora – Olha só o que você fez! Estou toda machucada.

Malu – Isso é o que você merece por ter feito o que você fez com a minha filha.

Cecília – Eu não tive nada haver com isso!

Malu – Essa surra foi por tudo o que você já me fez passar Cecília! Desde quando você se casou com o Toni quando ainda éramos puras e depois que conseguiu tirar ele de mim.

Débora – Eu atropelei a Amanda por que ela me meteu no meu caminho! Ela tomou o meu homem.

Malu – Seu homem? Você não merece o Fábio!

Débora – E quem merece? A Amanda?

Malu – Ela merece! Nunca fez mal a ninguém! Eu soube criar minha filha pra lutar pelo que é certo sem pisar em ninguém.

Débora – Isso é conversa pra idiota! Eu fiz! Fiz e com muito gosto, não me arrependo.

Malu – Mas vai se arrepender!

Débora – É mesmo? Por que? O que é que você vai fazer?

Malu – Eu não vou fazer nada!

Cecília – Chega dessa conversa! Fora da minha casa agora! Você invadiu feito uma louca e nos agrediu. Agora chega! Estou cheia de tudo isso.

Malu – Eu vou, mas não é por que você quer. É por que eu preciso voltar pro hospital. Mas saiba que vocês vão pagar por tudo isso.

Malu pega sua bolsa, olha para Cecília e para Débora. Ela vai embora.

 

Cena 08 | Rua | Frente ao prédio de Cecília | Dia.

Marcos caminha ali por perto ele pare em frente ao prédio onde Cecília mora e olha para cima. Juliana vem caminhando e embarra em Marcos.

Juliana – Pai?

Os dois se olham

 

FIM DO CAPÍTULO

Escrita por
Jheff Reis

Realização
ADNTV Ficção 2017

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s