Amor Sem Fim – Capítulo 41

UMA NOVELA DE JHEFF REIS

Ú L T I M A S   S E M A N A S

228-copia-copia-6-copia


Cena 01 | Casa de Cecília | Sala | Noite.

Continuação… Cecília a porta e recebe uma visita inesperada.

Cecília (Surpresa) – Você?

Juliana (Entrando) – É! Eu mesma.

Cecília (Fecha a porta) – O que é que você quer aqui? E desde quando você voltou?

Juliana – Isso não vem ao caso! Estou de volta e pronto!

Cecília – Voltou pra infernizar a minha vida né?

Juliana – Eu não preciso fazer isso até mesmo por que você mesmo trata de fazer sua vida um inferno.

Cecília – E o que é que você veio fazer aqui então? Mostrar que a sua vida deu certo lá fora?

Juliana – Exatamente isso! Vim mostrar que eu não preciso de você.

Cecília – Muito bem você já mostrou e agora pode ir embora da minha casa!

Juliana – Eu não vou! Ainda tenho um assunto pra tratar com você!

As duas encaram-se.

 

Cena 02 | Casa de Lívia | Quarto | Noite.

Lívia está no quarto arrumando as coisas de Henrique, Carlos chega na porta e vê, ele pega o celular e entra fingindo falar com alguém.

Carlos (Entrando) – Certo, certo! Então fechamos? Ok! Pode ter certeza que o negocio é garantido! Valeu um ábaco.

Finge encerra a ligação.

Lívia – Quem era?

Carlos – O meu amigo responsável pela compra do terreno.

Lívia – E o que foi que ele disse?

Carlos – Que está tudo certo! Falei com ele do dinheiro e tal e ele confirmou tudo certinho.

Lívia – Então já é nosso?

Carlos – Praticamente sim!

Lívia – Que maravilha! Finalmente vou conseguir realizar meu sonho.

Carlos – Fico feliz em poder te ajudar em tudo!

Lívia – Obrigada amor!

Lívia dá um beijo em Carlos.

Carlos – Tem o que pra jantar?

Lívia – Olha eu não fiz nada, mas se você quiser a gente pode pedir.

Carlos – Pode deixar que eu vou pedir.

Lívia – Tá! Enquanto você pede eu vou terminar de arrumar essas coisas aqui e depois vou tomar um banho.

Carlos volta para a sala. Lívia escolhe uma roupa.

 

Cena 03 | Hospital | Sala de Espera | Noite.

Fábio, Malu e Renata conversam…

Malu – Ainda bem que eu doutor Rodrigo me deu alta já não agüentava mais ficar naquela cama sem fazer nada.

Renata – Até parece que você ficava quieta na cama. O tempo todo andando dentro do quarto.

Todos riem.

Fábio – Estranho seria se a senhora ficasse mesmo naquela cama parada.

Malu – O momento é difícil, mas nada me deixa parada.

Renata – Dá pra ver!

Fábio (Olha para o relógio) – Eu vou em casa! Vou tomar um banho trocar de roupa e volto pra que dona Renata vá pra casa descansar um pouco.

Malu – Pode ir meu filho!

Renata (Com ar de brincadeira) – E não demore que eu estou super cansada!

Fábio – Pode deixar!

Fábio vai embora.

 

Cena 03 | Casa de Malu | Quarto de Bruna | Noite.

Bruna liga para Mônica, as duas conversam.

Mônica – E ai como é que você está?

Bruna – Estou levando! A minha irmã piorou e agora a única esperança é o bebe que ela está esperando.

Mônica – Força amiga que tudo vai dar certo!

Bruna – Eu sei que vai! Sabe que com tudo isso eu percebi a família que eu tenho? Vi que minhas mães Malu e Renata são muito importantes na minha vida.

Mônica – Suas mães Malu e Renata? Eu ouvi bem?

Bruna – Ouviu! Minhas mães Malu e Renata! Eu estou vivendo tudo isso. Vejo o quanto elas são dedicadas a mim e a Amanda, o quanto elas dão suas vidas pra nos salvar.

Mônica – Bruna? É você?

Bruna – Sou eu sim Mônica! Tudo isso me fez mudar minhas atitudes e… Eu decidi que não vou mais procurar aquele que eu achava que era meu pai.

Mônica – O que?

Bruna – Eu não preciso dele! Nunca precisei. Sempre teve mães maravilhosas que souberam me criar, que nunca deixou faltar nada e eu não havia percebido isso.

Mônica – Sabe de uma coisa? Eu preciso ver você de perto pra ter certeza de que é você que esta falando isso. É de surpreender essa sua mudança.

Bruna – Mas eu mudei! Vê a minha irmã nessa situação me fez enxergar que eu estava sendo uma menina egoísta.

Mônica – Amiga… Estou muito feliz em saber que você mudou! Que desistiu dessa loucura toda e saiba que pode contar comigo pro que for preciso.

Bruna – Até pra ir pra Salvador atrás do Marcelo?

Mônica – O que?

Bruna – Estou brincando! Que bom que tenho você como amiga pena que está longe senão eu ia te dar um abraço bem forte.

Mônica – Mas sinta-se abraçada!

Bruna – Eu vou desligar agora tenho dois trabalhos do colégio pra fazer.

Mônica – Tá bom amiga! Fica bem e qualquer coisa liga pra mim.

Bruna – Tá! Beijos e tchau!

Mônica – Tchau!

Bruna encerra a chamada.

Cena 04 | Casa de Cecília | Sala | Noite.

Continuação… Juliana e Cecília se encaram

Cecília – O que é que você ainda tem a dizer?

Juliana – Eu sei muito bem o que vocês fizeram com a Amanda!

Cecília (Surpresa) – O que? Como assim o que ‘fizemos’ com a Amanda?

Juliana – Não se faça de inocente dona Cecília! Você sabe muito bem do que eu estou falando.

Cecília – Não sei não!

Juliana – Eu sei que mandou a Débora atropelar a Amanda! E eu vou contar isso pro Fábio!

Cecília – É o que? Você só pode estar maluca! Quem foi que te contou isso?

Juliana – Não interessa! Eu vou contar pro Fábio.

Cecília – Foi o Toni não foi? Foi ele que falou isso pra você?

Juliana fica em silêncio.

 

Cena 05 | Portaria do Prédio | Noite.

Fábio entra no prédio, Débora vê e corre atrás dele.

Débora (Entra correndo) – Fábio? Fábio?

Fábio para e olha para trás.

Fábio – O que foi?

Débora – Esta vindo do hospital?

Fábio – Estou! Mas vou voltar, só vim tomar um banho e pegar uma roupa.

Débora – Pensou sobre o que aconteceu com a gente?

Fábio – Não! Não pensei até por que eu não me lembro de nada.

Débora – Mas saiba que eu passei o dia todo pensando! Foi maravilhoso! A melhor noite que já tive.

Fábio – Vou subir! Com licença.

Fábio entra no elevador, Débora olha por um instante e também entra. A porta do elevador se fecha.

 

Cena 06 | Hospital | Noite.

Malu e Renata continuam a espera de novidades.

Renata – Já decidiu se vai deixar o Toni vim até aqui?

Malu – Ainda não, mas se ele aparecer aqui eu não vou mandar ele embora.

Renata – Se acha que é o melhor.

Malu – Você vai pra casa veja como a Bruna está e me liga.

Renata – Tá bom! Espero que o Fábio não demore.

Malu – Vou tomar um café. Quer também?

Renata – Vamos lá.

As duas saem para tomar café.

 

Cena 07 | Casa de Cecília | Sala | Noite.

Continuação… Cecília e Juliana discutem.

Cecília – Fala! Foi o Toni que te contou isso?

Juliana – Foi ele sim! Ele me contou que você e a Débora estavam armando pra separar o Fábio e a Amanda.

Cecília – Claro! Ela é filha da Maria Lúcia. Eu jamais vou aceitar que meu Fábio se relacione com essa mulherzinha.

Juliana – Quem tem que gostar dela é o Fábio e não você! Eles se ama.

Cecília – Se amavam! Graças a boa vontade ela não vai voltar e ao o caminho vai ficar livre para a Débora.

Juliana – Então esse era o plano? Matar a Amanda pra abrir caminha para a Débora?

Cecília – As circunstancias levaram a isso! O que é que eu posso fazer?

Juliana – A Débora atropelar a Amanda pra deixar o caminho livre isso é a circunstância?

Fábio (Chegando) – O que?

Cecília olha para trás surpresa assim como Juliana, Cecília fica pálida ao ver Fábio.

 

FIM DO CAPÍTULO

Escrita por
Jheff Reis

Realização
ADNTV Ficção 2017

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s