Amor Sem Fim – Capítulo 14

UMA NOVELA DE JHEFF REIS

228-copia-copia-6-copia


Cena 01 | Clinica | Noite.

Bruna e Mônica chegam a clinica.

Mônica – O que faz você achar que é essa a clinica?

Bruna – Achei esse papel nas coisas de minha mãe.

Mônica – Isso não significa nada, mas vamos lá.

Bruna – Você fala!

Mônica – Boa noite.

Recepcionista – Boa!

Mônica – É… Eu estou à procura de uma pessoa, só que eu não sei o nome dele. Só sei que ele é doador.

Recepcionista – Você sabe informar se ele é um doador anônimo?

Bruna – O que isso tem a ver?

Recepcionista – Se ele for um doador anônimo nos não podemos dar informações sobre ele.

Bruna – Mas nesse caso nos queremos saber por que assim…

Mônica – Meu irmão está precisando de um doador, e se ele for compatível já pode ajudar.

Recepcionista – Vocês não vão me ganhar com essa conversa. Duas garotinhas há essa hora na rua e querendo informações importantes. Cadê a mãe de vocês?

As duas saem correndo da clinica.

Já longe as duas param pra descansar.

Mônica – Essa foi por pouco.

Bruna – Que droga! Não podemos mais voltar lá.

Mônica – E agora?

Bruna – Não sei, preciso pensar!

Mônica – Já sei! Podemos voltar lá depois do colégio. Não acredito que essa mulher esteja lá naquela recepção 24 por 48 horas.

Bruna – É verdade! Então amanhã a gente volta aqui. Vamos embora. Amanhã a gente volta lá, se der.

As duas vão embora.

 

Cena 02 | Casa de Malu | Sala | Noite.

Malu está preocupada pelo fato de Bruna ainda não ter chegando.

Malu – Já é noite e a Bruna ainda não chegou. Será que aconteceu alguma coisa com ela?

Renata – Você sabe como é a Bruna.

Malu – Só que isso precisa acabar, Renata! Vou ligar pro colégio e procurar saber.

Renata – Vai liga!

Malu pega o celular e liga para o colégio.

Malu (Esperando ser atendida) – Alô? Boa noite?!

Diretora – Boa noite!

Malu – Sou a Maria Lúcia, mãe de uma aluna ai do colégio… É que eu gostaria de saber se teve algum tipo de atividade extra hoje ai?

Diretora – Qual o horário em que sua filha estuda?

Malu – Pela manhã. E ela ainda não chegou em casa.

Diretora – Olha mãe, não tivemos nenhum tipo de atividade extra aqui hoje não. E todos os alunos do turno matutino foram embora após o termino do último tempo.

Malu – Obrigada! Boa noite.

Diretora – Boa noite.

Malu encerra a chamada.

Renata – E ai? O que disseram?

Malu – A diretora disse que não teve atividade extra e que todos saíram no horário certo.

Renata – Eu tenho pra mim que a Bruna foi a busca de saber quem é o pai dela. Ela ameaçou isso, lembra?

Malu – Será?

Malu fica intrigada.

 

Cena 03 | Casa de Lívia | Sala | Noite.

Fernando continua na casa de Lívia.

Carlos (Levantando-se do sofá) – Já chega! Quer, por favor, sair da minha casa?

Fernando – Quem é você pra me mandar embora?

Carlos – Sou o marido da Lívia e você vai sair daqui agora.

Lívia – Calma gente! Por favor, nada de violência.

Carlos – Já passou da hora dessa cara ir embora daqui. Até quando você vai aceitar isso?

Fernando – Até eu conseguir tirar o um filho das mãos dela.

Lívia – Fernando vai embora, por favor.

Fernando – Quero ficar um pouco mais com meu filho.

Lívia – Não! Você já ficou tempo demais. A casa é minha e eu mando aqui, agora vá embora, por favor.

Fernando – Eu vou! Mas já sabe que eu volto.

Fernando beija o filho

Fernando (Falando com o bebe) – Beijo filhão! Em breve estaremos juntos na nossa casa. Só eu e você.

Carlos – Agora dá o fora daqui!

Lívia abre a porta

Fernando – Tchau! Até qualquer dia.

Lívia bate a porta.

Carlos – Precisamos dar um jeito nesse cara!

Lívia – Ele está realmente disposto a tirar o Henrique de mim.

Carlos – E o que pretende fazer?

Lívia – A única coisa que eu posso fazer. Acionar meus advogados e esperar.

Os dois se encaram

 

Cena 04 | Casa de Toni | Sala | Noite.

Juliana vai ate a casa de Toni.

Juliana – Boa noite! Posso entra?

Toni – Por favor.

Juliana entra e Toni fecha a porta.

Toni – A que devo a sua visita?

Juliana – Desculpe vim assim sem avisar e ainda por cima à noite.

Toni – Não vejo problemas. Mas diga o que quer?

Juliana – O senhor já deve estar sabendo que eu vou embora, vou estudar fora do Brasil.

Toni – Sei sim, a sua mãe me ligou.

Juliana – Então… A vida lá em casa está difícil de viver, e eu queria saber se eu posso ficar aqui morando com o senhor até o dia da viagem?

Toni – Olha… Sua mãe me ligou hoje e… Falou que se você viesse me pedir ajuda que eu negasse.

Juliana – Ela fez isso?

Toni – Fez!

Juliana (Inconformada) – Eu não consigo acreditar que a minha mãe fosse capaz disso.

Toni – Apesar das ameaças de sua mãe, eu jamais faria isso com você. Não posso dizer não a uma menina que eu tenho como filha.

Juliana abraça Toni.

Juliana – Obrigada!

Toni – Sempre tive um carinho por vocês. A Cecília que nunca permitiu isso.

Juliana – Depois de alguns anos a minha mãe tem sido rancorosa.

Toni – Vamos esquecer a Cecília. Quanto tempo pretende passar aqui?

Juliana – Acho que duas semanas.

Toni – Se quiser pode vim pra cá agora mesmo.

Juliana ri

Juliana – Não dá, por que tenho que arrumar minhas coisas. Mas amanhã à tarde eu venho com tudo pra passar alguns dias aqui.

Toni – Se sua mãe perguntar não diz que vai ficar aqui.

Juliana – Pode deixar! Agora tenho que ir, vou deixar o senhor descansar.

Toni – Tudo bem. Te espero aqui amanhã.

Juliana – Estarei aqui! Tchau.

Toni – Tchau! Até amanhã.

Os dois se despedem e Juliana vai embora.

Cena 05 | Casa de Malu | Sala | Noite.

Malu e Renata estão assistindo.

Bruna chega a casa.

Malu (Aliviada) – Graças a Deus! Menina onde foi que você estava?

Bruna segue direto para o quarto sem dizer uma palavra.

Malu – Bruna? Bruna?

Renata (Segurando Malu) – Deixa ela ir. Na hora do jantar você tira isso a limpo.

Observam Bruna ir para o quarto.

 

Cena 06 | Casa de Estela | Sala | Noite.

Mônica chega a casa e encontra tudo às escuras.

Mônica (Entrando) – Ainda bem que não tem ninguém.

Ela tira os sapatos e ascende a luz.

Mônica (Se assusta ao ver Estela no sofá) – Mãe?!

Estela (Levanta-se do Sofá) – Onde você estava? Quem deu permissão a você pra sair?

Mônica – Ninguém! É que…

Estela – Ainda sai escondida? É essa menina que esta fazendo sua cabeça, né? O que vocês foram fazer?

Mônica – Eu fui com a Bruna a uma clinica de reprodução. Ela quer conhecer o pai dela.

Estela – Deixe de mentira! Já pro banho agora! E depois vá para o quarto. Você está de castigo. Sem celular, sem computador e sem assistir series. Vai ser do colégio pra casa, de casa pro colégio!

Mônica – Mas mãe…

Estela – Agora pro banho. Vai!

Mônica sai para o banheiro.

Estela senta-se aliviada.

 

Cena 07 | Casa de Cecília | Sala de Estar | Noite

Juliana chega a casa.

Cecília – Onde você estava Juliana?

Juliana passa direto para o quarto de Fábio sem responder a Cecília

Cecília – Não vai me responder? Ingrata!

Corta para: quarto de Fábio.

Juliana bate a porta.

Fábio – Pode entrar!

Juliana (Entrando) – Será que podemos conversar um pouco?

Fábio – Claro! Por favor, entre.

Juliana – Fábio, eu não quero ser chata nem quero que você ache que estou te cobrando, mas… será que pode me dar aquela ajuda financeira agora? É que eu vou me mudar amanhã. Vou passar uns dias na casa de um amigo até o dia da viagem, e não quero que a minha mãe saiba.

Fábio – Sem problemas, Ju. De quanto precisa?

Juliana – O que você puder ajudar eu to aceitando.

Fábio levanta-se e pega dinheiro no guarda roupa.

Fábio (entrega a Juliana) – Espero que seja uma boa ajuda.

Juliana (Conta o dinheiro) – Ajuda bastante. Obrigada primo!

Abraçam-se.

Fábio – Juízo, viu?

Juliana – Pode deixar! Obrigada mais uma vez.

Juliana sai do quarto.

 

Cena 08 | Casa de Malu | Sala de Jantar | Noite.

Estão na mesa para jantar: Malu, Renata e Bruna.

Elas jantam em silêncio, até que Renata fala com Bruna.

Renata – Será que podemos saber onde você estava o dia inteiro? A Malu ligou pro colégio e você já havia saído.

Bruna (Rude) – Pra que você quer saber? Por acaso eu procuro saber do ínfero da sua vida? Me esquece!

Bruna levanta-se derrubando a cadeira e vai para o quarto.

 

FIM DO CAPÍTULO

Escrita por
Jheff Reis

Direção
Vinny Lopes

Realização
ADNTV Ficção 2017

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s