O Novo Messias – Capítulo 09

UMA NOVELA DE PRISCILA BORGES

228-copia-copia-6-copia

CENA 01. CASA DO HERCULANO. FRENTE. EXTERIOR. DIA:

Penéllope sai da casa, Jacobina atrás.

JACOBINA  – Pronto. O que deseja?

PENÉLLOPE – Eu quero lhe ajudar a conseguir o que quer. Eu sei que posso ser muito útil.

JACOBINA  – E como a senhorita pode me ajudar?

PENÉLLOPE – O Herculano é contato da Iris. Foi ele que ligou pro Mariano, foi ele que pegou o Mariano na rodoviária.

JACOBINA  – Droga! Não acredito que a Iris foi se bandear pro lado dele.

PENÉLLOPE – Mas não é só isso que eu posso oferecer. Eu posso fazer a cabeça do Mariano pra que ele fique do seu lado.

JACOBINA  – E como você vai fazer isso?

PENÉLLOPE – Ele é homem, eu sou mulher/

JACOBINA  – (corta) Poupe-me dos detalhes. (pausa) E o que você ganha me ajudando?

PENÉLLOPE – Se o Herculano se tornar prefeito de Vila Redenção, ele vai ter influência sobe as pessoas novamente e novas meninas vão vir pra cá. E eu não quero nenhuma vadiazinha com ele.

JACOBINA  – No que você se tornou? Lembro que tinha ódio dele quando jovem e agora está com ciúmes?

PENÉLLOPE – Eu me apaixonei pelo homem que me estuprou. Tenho culpa? Não, eu não tenho. Eu sou apenas uma simples pecadora, Padre.

JACOBINA  – E quem não é? Eu tenho que ir Penéllope.

PENÉLLOPE – Eu lhe informo de mais detalhes.

JACOBINA  – Agradecido.

Ele sorri e sai. Penéllope volta a casa.

 

CENA 02. BOATE LACANDA. INTERIOR. DIA:

Salomé entra e encontra a Iris conversando com o barman. Ela passa pela Iris, furiosa.

IRIS      – Que diabos aconteceu?

SALOMÉ    – O seu sobrinho aconteceu. Ele é um babaca Iris! O seu santinho é um babaca!

Ela sai furiosa. Iris nada entende. Mariano entra e se aproxima.

IRIS      – O que aconteceu?

MARIANO   – Eu não entendi nada tia. Nós estávamos de conversando normal, aí ela explode.

IRIS      – O que você disse?

MARIANO   – Nada, quer dizer, eu disse que não queria nada com ninguém. Aí ela falou que a Luana estava querendo coisa séria e eu disse que isso acontece com frequência.

IRIS      – Ela ficou com raiva e com razão, sabe por quê? Porque você é um babaca.

MARIANO   – Porque diabos eu sou um babaca?

IRIS      – Eu preciso mesmo explicar? Você disse que ilude as mulheres, deixa elas se apaixonarem e depois as deixa a ver navios.

MARIANO   – Eu não quis dizer isso.

IRIS      – Mas disse.

MARIANO   – Desculpa então, mas é algo que acontece. Eu fico com a mulher, a gente transa e depois ela enche o saco.

IRIS      – Posso fazer uma pergunta? Você diz que ama essas mulheres?

MARIANO   – Na hora do sexo, eu acabo dizendo.

IRIS      – Você ilude a mulher. A Luana gostou de você e você vai fazer um favor pra titia e tentar ter algo sério com ela.

MARIANO   – Mas eu não gosto dela.

IRIS      – Mas ela gosta de você. Eu quero que você tente criar laço com alguma menina e ela é a menina certa pra isso.

MARIANO   – Eu posso até tentar, mas eu tenho certeza que não vou gostar dela. Eu nasci sem essa parte do cérebro que sente.

IRIS      – Posso lhe fazer outra pergunta? Você é do signo de Áries?

MARIANO   – Sou, porque?

IRIS      – Tá explicado.

Mariano nada entende e Iris sai.

 

CENA 03. CASA DO HERCULANO. QUARTO. INTERIOR. DIA:

Herculano está em pé no quarto. Ele pega o celular e faz uma ligação.

HERCULANO – Iris?

IRIS      – (off) O que você quer?

HERCULANO – O Jacobina veio aqui atrás de informações. Ele perguntou se tenho conversado contigo. Ele perguntou se eu sei do Mariano.

IRIS      – (off) Ele não sabe de nada, só indo atrás das suas suspeitas. Se ele te procurar de novo, me fala.

HERCULANO – Preciso desligar.

Ele desliga.

 

CENA 04. BOATE LACANDA. INTERIOR. NOITE:

Anoitece.

Gudea está no palco cantando Try da Pink. Mariano está frente ao palco.

 

CENA 05. CASA DO HERCULANO. SALA. INTERIOR. NOITE:

Sonoplastia continua.

Herculano está sentado no sofá assistindo televisão. Penéllope desce as escadas e se aproxima dele.

HERCULANO – Aonde você vai?

PENÉLLOPE – Eu vou dá uma volta. Está muito calor pra ficar em casa.

HERCULANO – Eu vou contigo.

PENÉLLOPE – Eu quero ir sozinha.

Herculano levanta e pega no braço dela.

PENÉLLOPE – Me solta!

HERCULANO – Você tem outro?

PENÉLLOPE – (ri) Você tem suas putas e eu tenho os meus putos.

HERCULANO – Eu tenho nojo de você.

PENÉLLOPE – Só você tem direito a trair? Isso não é justo queridinho.

Ela se solta e sai. Herculano olha a porta bater.

 

CENA 06. CASA DA MARIA. SALA. INTERIOR. NOITE:

Sonoplastia continua.

Maria está sentada a mesa. Dario sai do corredor e se encontra com a Maria.

MARIA     – Finalmente hein.

DARIO     – Não vou jantar com você hoje.

MARIA     – E com quem vai?

DARIO     – Ninguém, eu tenho um compromisso que não posso faltar.

MARIA     – E a Luana?

DARIO     – Saiu a tarde e até agora não voltou.

MARIA     – Ótimo! Eu janto sozinha.

Daria beija a testa da esposa e sai.

 

CENA 07. BOATE LACANDA. INTERIOR. NOITE:

Sonoplastia continua.

Iris está sentada no bar. Dario e Penéllope entram e se aproximam dela.

IRIS      – Dois de uma vez?

DARIO     – Boa noite Iris. Onde está a Salomé?

IRIS      – Ela deve estar no corredor com a Gudea

Ele sorri e sai.

PENÉLLOPE – Onde é que o Mariano tá?

IRIS      – O que você quer com ele?

PENÉLLOPE – Não é da sua conta.

IRIS      – O Herculano sabe que está procurando o meu sobrinho a essa hora da noite?

PENÉLLOPE – Não é da sua conta.

IRIS      – (ri) Você quer sabe onde é que tá o Mariano, certo? Pois eu digo: não é da sua conta!

Sonoplastia off.

 

CENA 08. BOATE LACANDA. CORREDOR. INTERIOR. NOITE:

Gudea e Salomé estão conversando. Dario entra no corredor e se aproxima.

DARIO     – Atrapalho?

GUDEA     – Nunca. Eu já estou de saída.

Gudea sai.

SALOMÉ    – Tudo bem?

DARIO     – Melhor impossível minha deusa.

Ela sorri e eles entram num quarto.

 

CENA 09. BOATE LACANDA. FRENTE. EXTERIOR. NOITE:

Luana se aproxima da boate. O seu celular toca e ela atende.

LUANA     – O que foi mãe?

MARIA     – (off) Onde a senhorita está?

LUANA     – Eu estou ocupada.

Ela desliga e entra na boate.

 

CENA 10. BOATE LACANDA. INTERIOR. NOITE:

Mariano sai de um corredor e se aproxima da Iris e da Penéllope.

MARIANO   – O que está acontecendo?

PENÉLLOPE – Nós marcamos hoje, lembra?

MARIANO   – Nós marcamos? Eu não lembro não.

PENÉLLOPE – Você deve ter esquecido.

Penéllope o beija. Iris não entende. Luana entra e vê a cena.

FIM DO CAPÍTULO

ESCRITO POR

Priscila Borges

COLABORAÇÃO POR

Yuri Neves

Realização
ADNTV Ficção 2016

nqvvrtareuuaqmx83pte6q_r

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s