CLICHÊ 4DOLESCENTE – Capítulo 11

UMA NOVELA DE JHEFF REIS

228 - Cópia - Cópia (6)

* Capítulo escrito por Liz Santos

CENA 01 – COLÉGIO ELITE ALFA – SAÍDA DO COLÉGIO – INICIO DE TARDE.

CONTINUAÇÃO…

SUELLEN – Então, que vai me explicar o que esta acontecendo aqui?

GUSTAVO – Não lhe interessa Suellen.

SUELLEN – Era tudo mentira então, não é? Ficava fingindo que odiava essa nojenta e agora esta ai se pegando com ela. (Parte pra cima de Clarisse) Olha aqui sua safada aproveitadora.

GUSTAVO ENTRA NA FRENTE DE CLARISSE

GUSTAVO – Vai com calma! Nós não estamos mais juntos.

SUELLEN (Ignora) – Gustavo… Você não vê que ela quer se aproveitar de você? Olha aqui fui eu que paguei o tratamento da sua mãe (Entrega o papel a Gustavo).

GUSTAVO (Lendo a nota) – Tá na cara que isso é falso.

LUA – Vamos embora Clarisse.

SUELLEN – Isso vai mesmo! Vai embora antes que eu te arrebente.

CLARISSE – Melhore querida!

LUA E CLARISSE VÃO EMBORA.

GUSTAVO PEGA A MOCHILA PRA IR EMBORA.

SUELLEN – Gustavo, eu acho que você me deve explicações, não acha?

GUSTAVO – Não te devo nem um sanduíche.

GUSTAVO VAI EMBORA.

A PROCURA ACABOU – PÉRICLES.

DIA SEGUINTE…

CENA 02 – COLÉGIO ELITE ALFA – SALA DE AULA 3º ANO A – DIA.

AULA DE MATEMÁTICA.

MARCELO – Elipse: A cônica obtida através da interseção de um plano que atravessa a superfície de um cone obliquamente à base do mesmo. Alguém pode ler pra mim a definição de Parábola?

GUSTAVO – Parábola é a cônica também definida na intersecção de um plano que penetra a superfície de um cone e também a circunferência da base.

CONTINUA A AULA.

 

CENA 03 – COLÉGIO ELITE ALFA – QUADRA ESPORTIVA.

AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA.

CARLA – Vamos lá gente todo mundo aquecendo. Hoje nos vamos jogar uma partida de vôlei.

FABRÍCIO – Meninos contra meninas?

CARLA – Claro que não Fabrício. Vamos mesclar o time, metade meninas e metade meninos.

VANESSA – E quem vencer ganha o que?

CARLA – Uma boa chuveirada pra aliviar o calor. Vamo lá, vamo lá formem os times.

OS TIMES SE FORMAM E COMEÇA O JOGO.

MÚSICA – TETO DE VIDRO – PITTY

 

CENA 04 – COLÉGIO ELITE ALFA – CANTINA – DIA.

GUSTAVO CHEGA.

FABRÍCIO – E ai Gustavo o que vai querer?

GUSTAVO – Um suco de abacaxi.

FABRÍCIO (Entrega o suco) – Tá ai o suco. E ai como está a sua mãe?

GUSTAVO – Está bem. Deve sair do hospital em alguns dias.

FABRÍCIO – É verdade que a Clarisse pagou o tratamento da sua mãe?

GUSTAVO – As noticias correm, em?

FABRÍCIO – Desculpa.

GUSTAVO – Sem problemas.

CLARISSE PASSA PELA CANTINA.

GUSTAVO (chama) – Clarisse.

CLARISSE (Continua andando) – O que é?

GUSTAVO VAI ATRÁS DE CLARISSE.

GUSTAVO – Será que você pode parar e ouvi o que eu tenho a dizer?

CLARISSE (Para e olha para Gustavo) – Se for pra brigar eu dispenso.

GUSTAVO – Desculpa!

CLARISSE (Surpresa) – O que?

GUSTAVO – Me desculpa pela minha grosseira com você. Te julguei antes de te conhecer e… Muito obrigado por ajudar a minha mãe.

CLARISSE – Não sei o que dizer.

GUSTAVO – Não precisa dizer nada

GUSTAVO SURPREENDE E BEIJA CLARISSE.

MÚSICA – PHOTOGRAPH – ED SHEERAN

CLARISSE (Afasta-se de Gustavo) – Por favor, para! Nós não podemos fazer isso.

GUSTAVO – E por que não?

CLARISSE – Até ontem você me odiava e… E tem ainda a Suellen.

GUSTAVO – Eu nunca te odiei Clarisse! Era só uma forma de, sabe? Me afastar de você. Eu tinha medo, vergonha, sei lá o que era… De mostrar que eu sempre gostei de você.

CLARISSE – Acho melhor parar por aqui. Agora é hora cuidar da sua mãe. Quem sabe depois nós conversamos sobre isso.

GUSTAVO – Tudo bem então. A minha mãe deve sair da semi UTI em alguns dias e se ela estiver já recuperada vai poder voltar pra casa.

CLARISSE – Quando ela estiver em casa me avisa por favor. Tchau Gustavo.

GUSTAVO – Tchau.

CLARISSE VAI EMBORA.

 

CENA 05 – COLÉGIO ELITE ALFA – DIA.

TOCA A SIRENE PARA O FIM DA ULTIMA AULA.

SUELLEN TOMBA EM CLARISSE DE PROPOSITO.

CLARISSE – Não enxerga por onde anda não é?

SUELLEN – E você não tem noção de onde mexe não?

CLARISSE – Do que é que você esta falando?

SUELLEN – Está feliz da vida, né vadia?

CLARISSE – Eu não vou ficar aqui ouvindo você me xingar.

CLARISSE IA SAINDO. SUELLEN A SEGURA PELO BRAÇO.

SUELLEN – Olha aqui garota. Tome muito cuidado comigo senão…

CLARISSE (A interrompe) – Senão o que?

SUELLEN ENCARA CLARISSE.

 

Escrita por
Jheff Reis

Liz Santos

Direção
Vinny Lopes

Z8Y3HN5oKllVaiOPd7c2nw_r

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s