Jogo de Feras – Capítulo 27 (Última Semana)

11870816_1018340531523300_7506997997627748409_n

UMA NOVELA DE ALLAN SAB

JOGO DE FERAS – CAPÍTULO 26 {Última Semana}

228 - Cópia - Cópia (6)

CONTINUAÇÃO DA CENA ANTERIOR.

CENA 1. DELEGACIA CENTRAL/ ALA DAS PRISÕES/ INT./ MANHÃ

Silvia entra na cela. Eloysa está agachada, cabisbaixa.

SILVIA (alterada) – Olha como a vida é uma caixinha de surpresas?! Enquanto, eu estou no topo, você está na sarjeta… E o pior, você foi alvo fácil, em todas as nossas disputas… Uma idiotinha caiu feito uma patinha desengonçada em todo nosso esquema!

Eloysa levanta a cabeça ante a rival, e a encara.

ELOYSA (perplexa) – Do que você está falando?

SILVIA (andando em volta da cela) – Estou falando, das armações na empresa, armações contra você e sua família medíocre.

ELOYSA (surpresa, exaltada) – Sua ordinária…

Eloysa avança contra Silvia, com um objeto pontiagudo.

ELOYSA (grita) – Eu vou te matar, sua desgraçada!

Silvia começa a gargalhar.

SILVIA (debochada) – Você não vai matar ninguém! Sabe o por quê?

Eloysa a encara fixamente, ainda, estendendo a mão com o objeto pontiagudo. (A música para)

SILVIA (debochada) – Porque você não é uma assassina como eu!

Silvia a encara, com um sorriso maléfico, e Eloysa fica espantada.

ELOYSA – Não pode ser!

SILVIA – Mas, é a verdade minha cara! Quem você acha que matou a Joana? Não me diga que você teve tanta coragem para isso… Não gaste sua saliva, fui eu que matei! E-U!

ELOYSA – Eu passei anos me remoendo de culpa e remorso… Todos esses anos, com rancor! Para no final, descobrir que você é a culpada de todo esse meu sofrimento!

SILVIA – Acabou o teatrinho?! Não estou disposta a ter que ver essa sua encenação de quinta categoria, Elozinha! Te manca, baranga!

ELOYSA – Você veio me matar, sua vagaba?!

SILVIA – Antes fosse! Tô aqui para te levar para passear…

Silvia assobia, e seus capangas agarram Eloysa, e a leva dali. Silvia sai logo atrás.

SILVIA – Otária!

[Abertura]

CENA 2. MANSÃO DOS BRAGA LAPORT/ SALA DE ESTAR/ INT./ MANHÃ

INÊS – O que é?!

AGNES – Ou você vem com a gente, ou nós matamos essa linda menina?

THAISE (grita com os bandidos) – Me soltem!

AGNES – Você vem ou não vem?!

Agnes aponta uma pistola, e mira na cabeça de Thaise.

AGNES – Você decide!

Inês fica perplexa, e Agnes abre um sorriso debochado.

INÊS – O que tenho que fazer?

AGNES (grita, p/ os capangas) – Peçam reforços… E levem a garota junto, como garantia de que essa dai não vai tentar qualquer fuga.

Os capangas levam Inês e Thaise. Enquanto, Agnes observa uma foto de Gonçalo e Silvia, ela mira a pistola na foto e atira.

SONOPLASTIA: VALENTIN BOOMES – FUSE [INSTRUMENTAL]

CORTA PARA:

CENA 3. RUA CARIOCA/ BECO/ EXT./ MANHÃ

(A música continua) Alguns capangas da Irmandade andam armados, pela rua. Tem alguns carros importados encostados na calçada. Num deles, Dominique e Ravier observa-los de longe.

DOMINIQUE – Achei que estaria lá fora com eles?! Tomou juízo, meu caro?

RAVIER – Aprendi rápido… Com o melhor!

Ele entreolha Dominique, que sorri maldosamente.

DOMINIQUE – Pensei que ia negar meus pedidos?

RAVIER – Mudei de ideia após algumas visitas!

~~~~ FLASHBACK ON ~~~~

FLASHBACK/ CENA 4. PORTO (PORTUGAL) / APTO. DE RAVIER/ SALA DE ESTAR/ INT./ NOITE

(A música continua) Ravier recebe uma visita inesperada. A CAM foca na visita é Gonçalo.

GONÇALO – Porque a surpresa?

RAVIER (pasmo) – Você?!

GONÇALO (vestido de capa preta) – Pensei que já tivesse pronto! A Irmandade está a sua espera.

RAVIER – Não posso trair a Inês…

GONÇALO (irônico, interrompendo Ravier) – Tenho a absoluta certeza, que o Mad Mestre pensa ao contrário.

Irineu entra na sala, apontando uma pistola para Lohana, que está pasma com a situação. Ravier encara Irineu.

~~~~ FLASHBACK OFF ~~~~ 

CENA 5. RUA CARIOCA/ BECO/ EXT./ MANHÃ

(A música continua) A polícia toma conta do local. Policiais cercam a área. Muito Ritmo.

DOMINIQUE – Que sirene é essas?!

Ravier faz menção de sair do carro, mas, Dominique o impede.

DOMINIQUE (irônico) – Fique em seu devido lugar! O show já vai começar…

Um policial atira para o alto. Pessoas que estão nas ruas, correm desesperadas. A Irmandade, responde as ameaças com explosões de bombas-caseiras. Um tiroteio inicia, causando pavor nas pessoas, que correm, para se proteger. Muita Ação.

RAVIER – Eles não vão resistir!

DOMINIQUE – E quem disse que eu quero que eles resistam!

Uma explosão acontece, perto do carro. A delegada Paula é atingida pela explosão.

POLICIAL – Delegada?!

Ele socorre a delegada. Dominique observa o show de longe, ele abre um sorriso diabolicamente satisfeito.

CORTA PARA:

CENA 6. AVENIDA BRASIL/ CARRO DE AGNES/ INT./ MANHÃ

(A música para) Os capangas ainda estão apontando a pistola na cabeça de Thaise. Agnes está enigmática. Ela para o carro, e desce, uma van estaciona e os capangas jogam Thaise.

INÊS (perplexa, p/ Agnes) – Para onde estão levando ela?

AGNES – Vocês vão continuar o passeio de vocês, nessa van… Espero que você não seja burra de tentar nada contra alguns dos nossos capangas… Ou mando estourarem os miolos dessa indefesa garotinha!

INÊS – Como assim nossos?

AGNES (irritada) – Não seja importuna e hipócrita e pare de fazer perguntas, faço o que eu mando, que sairá dessa vida, pelo menos, é o que acho, minha cara… Você não acha mesmo que estou nessa sozinha?! Acha?

INÊS – Não importa…

Antes, de terminar a frase, um capanga puxa Inês para dentro da van, que parte, cantando pneu.

AGNES – Bye Bye!

FUSÃO COM:

CENA 7. STOCK-SHOTS/ PLANOS GERAIS DO RIO DE JANEIRO/ EXT./ NOITE

SONOPLATIA: NEW DAY – SECOND SUSPENSE [INSTRUMENTAL]

A noite chega à cidade maravilhosa, acompanhada de uma forte tempestade, que se aproxima com grande furor, já chove vorazmente. A CAM foca nas avenidas e ruas alagadas, e carros num extenso congestionamento. Ritmo Frenético.

CORTE RÁPIDO:

CENA 8. GALPÃO ABANDONADO/ INT./ NOITE

(A música continua) Lugar completamente sombrio e escuro. Inês caminha assustada pelos corredores do galpão, até que uma luz acende, em 30 cm de distância. Ela para de andar, e repara uma pessoa vestida de preto.

INÊS (assustada) – Quem é você?!

A pessoa levanta a cabeça calmamente, ela vai revelando seu rosto é Dominique.

INÊS (com a voz tremula) – Não pode ser! Você havia morrido…

Dominique estende os braços. (A música para)

DOMINIQUE (sarcástico) – Não vai dar um abraço no seu pai, filhinha?

Inês escuta um barulho de engatilho. Ela percebe Silvia, com uma pistola mirada em sua cabeça.

SILVIA (debochada) – Surprise, irmãzinha!

SONOPLATIA: BEYONCE FT. JAY Z  – CRAZY IN LOVE

Inês fica ofegante.

CLOSE EM INÊS SEM REAÇÃO.

A IMAGEM CONGELA NUM EFEITO SOMBRIO

[Fim do Capítulo]

#CONTINUA NO PRÓXIMO CAPÍTULO

Escrita por
Allan Sab

Direção
Vinny Lopes

Realização
ADNTV Dramaturgia

ADNTV

banner inferior

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s