Clichê Adolescente 3 – Capítulo 6

logoalternativoca3

UMA NOVELA DE LUCAS OLIVEIRA 

DIREÇÃO DE VINNY LOPES  

228 - Cópia - Cópia (6)

#ANTERIORMENTE

Depois de Dado ter pedido ajuda para Karla lhe ajudar a se esconder da polícia, ele é levado para casa dela.

#HOJE: DADO E KARLA FAZEM AMOR

CENA 01 –  MANSÃO GARCIA – FACHADA – NOITE

Karla chega em casa junto com Dado e se preparada para fazer com que ele entre escondido.

Dado: E agora? Como é que vamos fazer para driblar os seguranças? Eles não podem me ver entrando…

Karla: Deixe comigo… Para Karla nada é impossível, missão dada missão cumprida e no padrão. Preparado?

Dado: Sempre! – Diz e dá um beijo nela.

Karla: Se afaste de mim… Vai pra junto do muro assim que eu der o sinal. Não se preocupe, eu vou conseguir te botar lá dentro, e se eu digo que você vai entrar, é porque vai! Confie! (Risos).

Dado se afasta e Karla se aproxima dos seguranças perguntando bobagens e os distraindo enquanto Dado pula o muro da mansão. Após conseguir, Karla entra calmante em casa como se não tivesse acontecido e leva Dado para o quarto de empregada:

Karla: Pronto, é aqui que você vai ficar! O quarto é apertado, mais não tem outro jeito – Diz ao chegar no quarto.

Dado: Valeu mesmo minha maluquinha. Não corre o risco de ninguém me achar não né?

Karla: Fica tranquilo Dado. Esse quarto fica aqui no jardim abandonado, nem tem empregada nenhuma, então ninguém vai vim para cá.  Agora eu já vou indo viu, que já está tarde – Diz dando um abraço em Dado.

Dado: Tá bom maluquinha. E obrigado por tudo viu? Tá sendo uma querida comigo, te devo essa.

Karla:  Que isso, pode contar comigo sempre. Sempre!

CENA 02 – MANSÃO GARCIA – SALA

Karla chega em casa euforica e encontra Luma sentada no sofá a sua espera.

Luma: Posso saber aonde estava até há essa hora minha filha?

Karla: Ué, pra faculdade como a senhora exige que eu vou… Depois eu e a Vivian junto a turma do curso fomos tomar um chope. Apesar de você não acreditar em Deus, eu acredito e sou filha dele. Mereço relaxar.

Luma: Relaxar? Que chope foi esse que a deixou um tanto nervosa…? Parece aflita Karla! Que houve? 

Karla: Nervosa? Eu? Claro que não mãe! Só estou meia cansada – Diz meia nervosa querendo se sair logo daquela conversa.

Luma: Não gosto que mintam pra mim, você não sabe o que sou capaz de fazer quando cometem este enorme erro. Independente se é minha filha, arranjo um jeito de te punir que a fará pedir perdão ajoelhada diante a mim. Não ouse a me desafiar!

Karla dá as costas e segue rumo as escadas.

CENA 03 –  FACULDADE FUTURO CERTO – PÁTIO – DIA SEGUINTE – MANHà

Isadora está no pátio da faculdade sentada em um banco conversando com sua amiga Drica.

Drica: Então Isa, como que é a casa da diretora? Como foi ontem? Me conte tudo, tintin por tintin.

Isadora: Drica, você não vai acreditar! Eu cheguei na casa dela e dei de cara com o marido da diretora. Ele me olhou de um jeito que nossa…(Risos) – Diz enquanto se abana.

Drica: E era tudo isso assim é?

Isadora: É do jeito que eu gosto. Maduro, sério, cara de quem faz gostoso. Mas claro que não sou maluca de me relacionar com ele, mesmo me correspondendo. Amiga vou precisar comer o pão que o diabo amaçou para resistir a tanta beleza e gostosura bem distribuída num só corpo. Não posso perder este emprego!

Drica: Quer a minha sincera opinião? Acho bom mesmo! Porque esse tipo de patrão, só quer usar a emprega e depois jogar fora como quem descarta um copo descartável no lixo. Tu é demitida e ainda sai com fama de safada. Pegar o marido da diretora? Reprovada na hora! 

Isadora: Ah, mas e se ele for diferente?

Drica: Não se iluda Isadora. Homem é tudo igual, ainda mais se for rico, casado e seu patrão ainda por cima. Quieta o faixo amiga, foco e força. 

As duas se divertem dando gargalhadas. Do outro lado do pátio, Karla e Vivian também conversam.

Vivian: Como é que é? Você colocou o bandidinho dentro da sua própria casa? Karla isso é motivo de internação, tá ficando caduca! Repreende senhor!

Karla: Coloquei o Dado sim e não me arrependo. Alias, pare de chama-lo assim, ‘bandidinho’. Deveria agradecer porque se não fosse ele, no Brasil ainda não estaria. 

Vivian: Desistiu de voltar para Califórnia? 

Karla: Digamos que eu adiei… Pelo Dado, é válido o meu sacrifício em me manter em terras puniniquins.  

CENA 04 – CASA DE ANDRÉ – COZINHA

André está em pé na frente da pia da cozinha chorando pela morte dos pais. Seu irmão Adriano, acorda e vai pra cozinha.

Adriano: Não foi pra faculdade André?

André: Como é que eu ia? Tô um caco! Depois que soube da morte dos nossos pais, não tenho cabeça pra nada, pelo o menos por enquanto.

Adriano: Será que dá pra você servir meu café da manhã pelo menos?

André: Que café? Não tem café maninho. Aliás, não tem nada na dispensa. A gente nunca teve uma situação financeira boa, e agora com a morte dos nossos pais então, eu não sei o que a gente vai fazer.

Adriano: Então quer dizer que eu vou ter que ficar com fome? É isso? Meu Deus, que droga de vida! Porque eu não nasci rico? Porque? – Diz dando um soco na mesa e saíndo revoltado.

André enche os olhos de água e se lembra do seu grande sonho de ser violinista.

André: Tantas coisas que eu sonhei pra mim…Não conseguir nada – Diz pensativo.

Ele respira fundo, limpa as lagrimas e em seguida começa a limpar a casa. 

CENA 05 –  MANSÃO GARCIA – QTO CRISTIANO – NOITE

Cristiano está se arrumando para ir buscar Magali para terem o primeiro encontro à dois.

Cristiano: Tem que se perfeito! A noite mais linda do mundo! Só espero que aquele irmão hippie dela, não atrapalhe em nada. Essa noite, ela vai ser minha – Diz confiante.

CENA 06 – MANSÃO GARCIA – JARDIM EXTERNO – QTO EMPREGADA 

Dado está inquieto no quarto andando de um lado para o outro.

Dado: Que tédio! Não vou aguentar ficar muito tempo trancado aqui não. Mas não vou mesmo.

Ele deita na cama e começa a ler uma revistinha que estava jogada ao lado da cama. Nesse momento, Karla abre a porta e invade o quarto com uma roupa bem sexy.

Dado: Tá doida maluquinha? E se ao alguém pega você vindo pra cá? – Diz surpreso com o que ver.

Karla se aproxima da cama, sobe sobre Dado e senta sobre as pernas deles.

Karla: Cala a boca, relaxa, goza e aproveita! Essa noite, eu sou só sua! – Diz e começa a lhe beijar.

Os dois se agarram se entregando a luxúria e a paixão e acabam transando loucamente.

CORTA PARA: 

 CA3

Curta a fan page de “Clichê Adolescente 3” e fique por dentro do que vem por aí >> Fb.com/clicheadolescente

ADNTV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s