Clichê Adolescente 3 – Capítulo 5

logoalternativoca3

UMA NOVELA DE LUCAS OLIVEIRA 

DIREÇÃO DE VINNY LOPES  

228 - Cópia - Cópia (6)

#ANTERIORMENTE

Karla foge da Faculdade para se encontrar com Dado e ele pede sua ajuda para se esconder da polícia.

#HOJE: DADO E KARLA SE BEIJAM

CENA 01 – PRAÇA PRÓXIMO A FACULDADE – MEIO-DIA

Dado: Me meti em uma furada aí de tráfico de armas. Eu escondir em um local bem seguro, mas a polícia achou e tá atrás de mim. Ou seja, eu não posso voltar pro meu cafofo onde eu moro porque eu escondir a parada em um local perto. Alguém viu eu escondendo a parada lá e me denúciou. Alguém que quer ver a minha desgraça e eu tenho certeza que foi a mesma pessoa da outra fez.

Karla: Sim, mais o que você quer que eu faça?

Dado: Me enconde em algum lugar Karla. Pelo o menos por alguns dias. Eu só tenho você pra pedir isso. Me ajuda por favor….

Karla se comove mais fica sem saber o que fazer pra ajuda-lo.

Karla: Eu bem que queria te ajudar Dado, mas aonde? Eu não conheço nenhum lugar onde eu possa te esconder.

Dado: Por tudo que é mais sagrado, eu não posso ficar pela rua. Se eles me pegam, dessa vez eu não passo só uma noite preso não, eu posso até ser julgado e condenado.

Karla: Então o único jeito vai ser eu te levar pra minha casa.

Dado: Pra sua casa? Não é arriscado? E se alguém descobre?

Karla: Relaxa, lá em casa tem vários quartos de empregada. Tem um que fica do lado de fora da casa e está vazio. Te coloco lá  e você fica até a poeira baixar.

Dado: Faria isso mesmo? Sério que você vai fazer isso por mim minha maluquinha? Poxa, ninguém nunca se arriscou tanto assim pra me proteger – Diz e vai se aproximando dela – Você é linda sabia, por dentro e por fora.

Os rostos de Karla e Dado vão se aproximando um do outro. O coração acelera, Karla fica com as mãos frias porque nunca tinha sentindo aquilo antes, sabe que está sentindo um sentimento maior. As bocas vão se aproximando e eles se beijam. Um beijo demorado e bem molhado, refletindo a personalidade dos dois.

Karla: Nossa, você me beijou!

Dado: Sim. E foi delicioso. Você não gostou minha maluquinha?

Karla: Foi o melhor beijo que eu já dei em toda minha vida – Diz e dá outro beijo em Dado. 

CENA 02 – CASA DE MIRELY – SALA

Mirely chega em casa junto com Isadora e vai lhe apresentando a casa.

Mirely: Como você vê, o apartamento não é muito grande. Mas ainda tem o resto da casa toda para conhecer. Trabalho é o que não vai faltar.

Isadora: Eu não ligo pra isso não. Eu consigo. De manhã eu vou pra faculdade e o resto do dia eu limpo tudo pra senhora. Só é a senhora me liberar mais cedo pra eu poder vim preparar o almoço.

Mirely: Exatamente isso que eu vou fazer.

Nesse momento, César, o marido de Mirely sai do banheiro e dá de cara com Isadora. O olhar dos dois se cruzam e fixam um no outro. Mirely então, apresenta os dois.

Mirely: Bom, Isadora esse é meu marido César,  e César essa é a nossa nova empregada Isadora.

César:  Prazer! – Diz se aproximando da garota e lhe dando um beijo na bochecha.

Isadora: O prazer é meu – Diz dando um sorriso tímido.

Mirely: Então, fique a vontade aí e maõs a obra porque agora eu vou ter que voltar pra faculdade – Diz enquanto pega sua bolsa.

Mirely sai e bate a porta. Isadora e César ficam parados, um olhando para o outro como se não tivessem assuntos.

Isadora: Bom, acho melhor eu começar a faxina pela cozinha. Com licença – Diz se retirando da sala meia sem jeito.

César vidrando os olhos em Isadora encantado com a moça. Ele senta no sofá e dá uma risadinha. 

CENA 03 –  FACULDADE FUTURO CERTO – SALA DE AULA

O professor chega em sala de aula com um aluno novo e apresenta para a turma.

Professor: Bom dia galera. Esse aqui é o André. Ele é muito inteligente e por isso conseguiu uma bolsa aqui na faculdade. Espero que ele bem  recebido por todos.

Vivian: Por mim será com toda certeza – Diz dando em cima do garoto.

André fica em graça e senta para assistir a aula. No final da aula, André está guardando seus matérias e Vivian se aproxima.

Vivian: Você é calado assim mesmo ou só quando está em público?

André: Não. É que eu não estou passando por um bom momento. Tô com alguns problemas aí, coisas da vida.

Vivian: Entendo… Se eu puder ajudar… Quero que saiba que pode confiar em mim.

Trocam sorrisos.

CENA 04 – CASA DE ANDRÉ – SALA

André chega da faculdade e encontra seu irmão mais novo sentado no sofá chorando.

André: O que foi meu irmão? Porque você está chorando? O que aconteceu? – Diz ao se aproximar dele.

Adriano: Ligaram nestante pra cá…Os nossos pais, eles morreram André!

André: O que? – Diz espantado com a notícia.

Adriana: A moça de não sei de onde, ligou dizendo que encontraram o documento deles no carro que caiu na ribanceira e pegou fogo cara…E agora, como é que a gente vai viver? – Diz abraçando o irmão.

André: Calma meu irmão, a gente vai dá um jeito. Não fica assim não. Estamos juntos sempre, sempre – Diz consolando o irmão e chorando muito junto com ele.

CENA 07 – CASA DE ZILDO – SALA – NOITE

Zildo está tomando banho e Magali aproveita para arrumar a bagunça que está na sala. A campainha toca e ela atende. Ao abri a porta, dá de cara com Cristiano.

Magali: Você?

Cristiano: Ufa! Ainda bem que te encontrei em casa.

Magali: Porque? Você já tinha vindo aqui antes?

Cristiano: Sim. Eu vim aqui hoje pela manhã e fui recebido pelo seu irmão, mas ele não me tratou muito bem. Ele não te falou nada.

Magali: Não. Mais não ligue pro meu irmão não. Ele é meio maluco mesmo. Não quer entrar?

Cristiano: Não precisa. Eu só vim mesmo lhe fazer um convite. Adorei lhe conhecer e queria poder te conhecer melhor. Será que você toparia sair comigo amanhã?

Magali: Claro que sim – Diz e dá um belo sorriso – E afinal, você conseguiu encontrar o posto de gasolina?

Cristiano: Claro que sim (Risos).

Nesse momento, Zildo sai do banho e chega na sala questiando sua irmã.

Zildo: Mais o que é que esse cara está fazendo aqui de novo?

Cristiano: Eu acho melhor eu ir embora. Amanhã eu passo aqui pra te buscar. Até!

Magali se dispede de Cristiano e fecha a porta.

Zildo: Que história é essa de ‘’passo aqui pra te buscar’’?

Magali: Oh Zildo, dá um tempo tá? O Cristiano é apenas meu amigo e você deveria parar de me encher o saco e se preocupar com a porcaria dos seus incenços. Me erra.

Magali vai pro quarto furiso e Zildo fica desconfiado.

Zildo: Já vi que eu vou ter que ficar de olho bem aberto!

CENA 08 – MANSÃO GARCIA – FACHADA

Karla chega em casa junto com Dado e se preparam para fazer com que ele entre escondido.

Dado: E agora? Como é que você vai fazer pra driblar seus seguranças? Elea não podem me ver entrando…

Karla: Deixe comigo. Preparado?

Dado: Sempre! – Diz e dá um beijo nela.

Karla: Então se afasta de mim. Vai pra junto do muro assim que eu der o sinal. Não se preocupe, eu vou conseguir te botar lá dentro, e se eu digo que vai, é porque vai! (Risos).

 CA3

Curta a fan page de “Clichê Adolescente 3” e fique por dentro do que vem por aí >> Fb.com/clicheadolescente

ADNTV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s