Clichê Adolescente 2 – Antepenúltimo Capítulo

sp3

UMA NOVELA DE NANDO BRAGA 

DIREÇÃO DE VINNY LOPES  


fundo_transparente2 

Deitada na cama, Clara mexe em notbook. Ouve barulhos. 

Clara – Que barulho é esse? 

Se levanta e se dirige ao corredor. 

Clara – Vem do quarto da Giovanna…?  

Se dirige a suíte de Giovanna. Com luz acesa, alguém está no closet.  

Clara – Ai meu Deus, Giovanna é você? 

Giovanna – Ai meu Deus digo eu, mais uma pra desmaiar? Se for desmaia logo, porque me da aflição de olhar para esta sua cara de mocinha songa e monga, defensora dos fracos e oprimidos. 

Clara belisca Giovanna. 

Giovanna – Ai… Se ficar a marca você é quem paga a plástica! 

Clara – TÁ VIVA?! 

Giovanna – Para a sua tristeza nunca estive tão viva! Voltei ainda com mais sede de viver e ódio de você priminha! Como são as coisas, filha da tia Tânia, a deserdada dos Guterres. O que leva alguém trocar esta vida, este luxo todo pra viver numa vila de pescadores? A mamãe que se cuida, doença mental se herda, é de família. 

Clara dá bofetada em Giovanna. 

Clara – Acha normal planejar a própria morte? Fazer os outros sofrerem a troco de nada? Por prazer em se aparecer? 

Giovanna – Aí se engana, tirei o Leózinho de você, pra mim isso já basta! Ele sentiu a minha falta e vai voltar pra mim, sou a garota ideal pra ele! 

Clara – Disse tudo, garota! Mulher não se presta a baixaria a que se prestou. Se humilhar por causa de homem? Como é baixa e desesperada por pinto. 

Clara dá as costas, Giovanna pula pra cima dela, puxando o cabelo. 

Clara – Não se deve agredir o inimigo pelas costas, isso a torna ainda mais baixa! 

Elas entram em luta corporal, ambas puxam o cabelo uma da outra. Vão se batendo pelos cômodos da suíte. 

Giovanna – Que shampoo e condicionador você usa? Quer uma dica de diva? Mude porque além do seu cabelo estar todo quebrado, ele está caindo… Mais um pouco fica careca! Marcelo Tas manda beijo pra você! 

Continuam puxando os cabelos, vão para o corredor. 

Clara – Diz ser diva mas e esse buço? Faz parte da alegoria?  

Giovanna – Me conte como é ter essas sobrancelhas de taturana, para o halloween quero me vestir de você, bruxa! 

Clara – Bruxa não ôôo bigodinho de Hitler!   

Andam enquanto puxam os cabelos, caem da escada. Rolando degrau por degrau, ficam esticadas no chão, uma ao lado da outra. 

Giovanna – Quem venceu? 

Clara – A que menos acabada está! 

Se olham. 

Clara e Giovanna – Empate!  

Giovanna – Acho justo! 

Clara – Merecido!   

SP – BAIRRO REPÚBLICA – EXTERIOR – PRAÇA DA REPÚBLICA – NOITE 

Léo usa maconha junto a outros usuários.  

Bandido – Léo chega mais! 

Léo se aproxima. 

Bandido – Você que é um cara safo, não quer evoluir? Irmão, quem usa maconha é gente pobre e velha. Tenho uma paradinha ainda melhor… Se liga! 

Mostra comprimido. 

Bandido – Metanfetamina… Viagra é rolha perto dela. 

Léo – Quanto? 

Bandido – Pra você camarada, faço por 200 pilas. 

Léo – Não tenho essa bolada toda não! 

Bandido – Gostei desse relógio, aonde foi que comprou? 

Se olham, Léo tira relógio de pulso e entrega para o bandido. 

SP – FLAT GUI E NATY – INTERIOR – QTO GUI – NOITE 

Ele toca e compõe música. Celular toca. 

Jorge, telefone – Alô Gui? Aqui é o agenciador de cantores. 

Gui, celular – Jorge? 

Jorge, telefone – Ele mesmo… Quero marcar, se possível um teste na minha gravadora amanhã. Estará disponível? Faço gosto que vá! 

Gui, celular – Não estou acreditando que isso está mesmo acontecendo, parece um sonho, sonhei durante toda a minha vida em entrar numa gravadora… Vou estar sim, sem falta amanhã na gravadora, se duvidar vou ser o primeiro a chegar lá. Que horas? 

Continuam a conversar em off. 

STOCK-SHOTS – AMANHECE 

Uma segunda-feira solar. 

CORTA PARA: SP – GRAVADORA DE MÚSICA – INTERIOR – MANHà

Jorge recebe Gui na entrada. 

Gui – Disse que viria, cá estou! 

Jorge – Seja muito bem-vindo, provavelmente esta será a sua nova casa, aproveite o momento e faça um bom teste. Tô na torcida! 

Sorriem. 

SP – APTO MAJU E VITOR – INTERIOR – MANHà

Maju assiste a desenhos animados e tomando cappuccino. Toca a companhia, rindo vai atender. 

Maju – Vitor? O que faz aqui? 

Vitor – Vim buscar o restante das minhas coisas. Posso? 

Ela faz sim com a cabeça, ele entra, Maju fecha a porta e volta a assistir televisão. 

Vitor – Quando volta a trabalhar no escritório? 

Maju – Não veio buscar as suas coisas? Vá antes que eu mude de ideia e te expulse daqui sem elas! 

Vitor – Não vai mesmo me perdoar ou ouvir o que tenho pra te dizer? 

Maju – Eu avisei! Não sou mulher de falar e não cumprir, avisei e que se dane-se as suas coisas, dê o fora daqui! 

Vai puxando Vitor para fora. 

Vitor – Maria Julia eu preciso do restante das minhas coisas! Se não precisasse juro que aqui não estaria! 

Maju – Quer mesmo as suas coisas? Eu jogo pra você! 

Vitor – Jogo? 

CORTA PARA: SP – APTO MAJU E VITOR – INTERIOR – VARANDA – MANHà

Maju joga pela varanda do apto. malas de Vitor, que ao caírem no chão, se espalham.  

Maju – Se faltar alguma coisa avisa, que eu mando por sedex! 

Fecha a porta da varanda.  

Vitor – Merda… 

Um carro buzina para ele. 

Letícia – Vai uma carona aí? 

Vitor – Era só o que faltava…  

Do sétimo andar, Maju flagra Letícia ajudando Vitor a recolher as roupas pela rua. 

Maju – Desgraçados… Ainda estão juntos! Ele ainda quer que eu o perdoo! Miserável! 

Fecha a cortina. 

SONOPLASTIA: TEMA MAJU E VITOR – NAMORA COMIGO (PAULINHO MOSKA)

SP – CASA LÉO – EXTERIOR – JARDIM – MANHà

Régis carpina o jardim. Alguém aparece. 

Lis – Nada que uma grama para capinar após um dia de ressaca. Fez falta na galeria… 

Régis – A minha ausência na aula de dança tem motivo, causa e razão. Disposta a ouvir? 

Lis – Se estiver incluso um café, sou toda ouvidos! 

Risos. 

SP – GRAVADORA DE MÚSICA – INTERIOR – ESTÚDIO – MANHà

Gui toca e canta. Produtores parecem satisfeitos. 

Jorge – Bom o garoto, não? Voz ele tem, é afinado, sabe cantar e canta bem, passou a primeira fase do teste, agora vem a segunda parte… 

Produtor musical – Sei não hein chefe, acho que esse arrega. 

Jorge – Ta doido pra me ver na mão não é?  

Risos. 

CORTA PARA: SP – GRAVADORA DE MUSICA – INTERIOR – ESCRITÓRIO JORGE – MANHà

Jorge aguardava sentado atrás da mesa do escritório Gui chegar. 

Gui – E então Jorge? Como fui no teste? Tô aprovado? 

Jorge – Musicalmente aprovadíssimo mas ainda não acabou. Vai depender do seu bom desempenho agora, só não geme muito porque eu não gosto, detesto gemidos, te desaprovo na hora. 

Vai tirando sinto da calça e desbotoando camiseta. 

Gui – O que o senhor está insinuando…?! 

Jorge – Teste do sofá, nunca ouviu falar? Tire a roupa! 

Gui – Desculpa mas isso eu me recuso! 

Deixa o local. 

STOCK-SHOTS – ANOITECE 

Noite em São Paulo. 

SONOPLASTIA: TEMA NOITE – WAITING FOR LOVE (AVICII)

CORTA PARA: SP – MARGINAL DO TIETE – EXTERIOR – NOITE 

Gui anda em meio aos carros na marginal do tiete aos prantos. Num transporte público, está Luca que flagra Gui passar próximo. 

Luca – Aquele não era o Gui? 

Gui continua andando sem direção. Chega em cruzamento e está disposto a ser atropelado. Um carro vai em sua direção. 

Luca – Gui! 

Luca corre, pula e empurra Gui, os dois caem no chão, estão muito próximos um do outro. 

Luca – Tá maluco?! Quase foi atropelado! 

Gui – O meu sonho acabou… Cantar é uma ilusão. 

Luca – Tá chorando? Porque está falando isso? Gui você é o melhor cantor que já ouvi.  

Gui – Acha mesmo? 

Luca diz sim balançando a cabeça. 

Luca – Acho…  

Trocam olhares e sorrisos, Luca se aproxima e beija Gui. 

Gui – Porque fez isso? 

Luca – Me deu vontade, agi mal? 

Gui – De onde saiu aquele, tem mais? 

Sorriem e se beijam. Motoristas buzinam.   

SONOPLASTIA: TEMA GUI E LUCA – PAPEL PICADO (NANDA SAFF)

SP – MANSÃO GUTERRES – INTERIOR – QTO DENISE – NOITE 

Na surdina, Clara adentra ao quarto de Denise. 

Clara – Só preciso de um fio de cabelo para fazer o DNA… 

Vai à penteadeira e pega um pente de cabelo, onde há vários tufos. 

Clara – A liberdade da minha avó está aqui… Em minhas mãos. 

DUAS SEMANAS DEPOIS 

SP – CLINICA DE DNA – INTERIOR – SAGUÃO – MANHà

Secretária – Clara os exames… Pode assinar aqui? 

Clara – Pode parecer só papéis com importantes resultados, mas isto daqui vai mudar a vida de muita gente e corrigir algumas injustiças. 

CORTA PARA: SP – CONSTRUTORA GUTERRES – INTERIOR – MANHà

Clara – Se antes duvidava da minha ligação com a sua família, agora passa a não existir mais. Estão aí os resultados do exame de DNA. 

Denise – DNA? Como assim? Não tô sabendo disso? 

Clara – Dinheiro compra tudo inclusive altera resultados de DNA, assisti há milhares de novelas, e seguindo a tradição, para evitar qualquer imprevisto manipulado, mandei fazer sem que soubesse. Ainda não li, que tal abrirmos no mesmo tempo, nós duas juntas? 

Elas abrem. 

Clara – Espera aí, esse resultado está errado! Aqui diz que você é a minha irmã?! 

Denise – Como assim…? O que usou meu para fazer o teste? 

Clara – Uma escova de cabelos em cima da penteadeira. Peguei a duas semanas atrás! 

Denise – Tá explicado… Era da Giovanna, aquele dia que vocês duas brigaram, o dia que você descobriu que ela estava viva, a minha filha procurava pelo pente. 

Clara – Mas e o resultado? Ele aponta que somos irmãs!  

Denise – E são!

CORTA PARA:

fimdocap

Curta a fan page de “Clichê Adolescente 2” e fique por dentro do que vem por aí >> Fb.com/clicheadolescente

capa mae

@DIA 29_ESTREIA:CA3banner01

ADNTV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s