Clichê Adolescente 2 – Capítulo 04

sp3

UMA NOVELA DE NANDO BRAGA 

DIREÇÃO DE VINNY LOPES  


fundo_transparente2

Clara vê um famoso no aeroporto.  

Clara – Olha lá, aquele não é o ator principal de Sangue Sobre Terra?!   

Ela aponta o dedo, Léo que passava no momento, é ferido.  

Léo – O meu olho sua louca!  

Clara – Desculpa, perdão… Foi sem querer, eu juro! 

Eles se olham. 

Clara – Tá conseguindo enxergar? 

Léo – Tô, só da próxima vez olhe por onde anda ou por onde aponta o dedo!  

Léo e Gustavo saem. 

Sabrina – Fomos recebidos bem, que gatinho! 

Luca – Se fecha menina! 

Clara permanece sem graça. Léo anda, e olha para trás. Ele e Clara se olham e disfarçam.  

SONOPLASTIA: TEMA CLARA E LÉO – EVERYTHING (LIFEHOUSE) 

LAGUNA/ SC – CASA MAX – EXTERIOR – LAJE – DIA  

Na laje da casa, abatido, Max sentado na beirada, observa o céu. [flashback] 

Max vai levando Clara vendada para a praia durante o por do sol.  

Clara – Já chegamos? Ai Max que aflição! 

Max – Estamos quase lá… Por tudo que você representa na minha vida, te pergunto… 

Num morro bem próximo da praia, tira a venda de Clara, e na areia ela lê do alto, escrita com sacos pretos: Quer namorar comigo?  

Clara – É sério isso? 

Max – Nunca se responde à uma pergunta com outra. Espero pela minha resposta. 

Ela o beija. 

Clara – Isso responde a sua pergunta? Aceito, aceito, aceito! 

Eles se beijam intensamente. [fim de flashback] 

Chica – Pensando na Clarinha? 

Max – Pensando em como vou viver daqui pra frente sem ela. 

SONOPLASTIA: TEMA CLARA E MAX – PERDÓN PERDÓN (HA*ASH) 

SP – CASA LIA – INTERIOR – QTO LIA – DIA 

Deitada na cama, Lia busca no jornal por emprego. Batem na porta. 

Lia – QUEM É?! 

Mãe de Lia abre a porta. 

Mãe de Lia – Querida tem visita e ela quer muito falar com você. 

CORTA PARA: SALA DE ESTAR 

Lia vai se aproximando da visita que está de pé. 

Lia – Dona Regina? O que a senhora faz aqui? 

Regina – Prometo ser bastante breve. Porque se demitiu? Já sei que a história que o meu marido contou, é mentira. A sua mãe nunca esteve tão bem como está. Afinal, o que houve naquele dia? 

Lia chora e senta no sofá. Regina a ampara, abraça, e senta ao lado. 

Lia – Não tive culpa dona Regina, não tive… O senhor Marcelo tentou me violentar! 

Perplexa, Regina levanta do sofá e se retira. Mãe de Clara aparece com café. 

Mãe de Clara – E a dona Regina? 

Lia – Já foi, estava só de passagem… 

Lia se dirige ao quarto. 

SP – AEROPORTO DE CONGONHAS – INTERIOR – DIA 

Léo e Gustavo encontram Maju e Vitor. Irmãos, Maju e Léo se abraçam emocionados. Ao abraçar Gustavo, Vitor sente ciúmes. Os dois se encaram. 

SP – HOTEL NA REPÚBLICA – INTERIOR – QTO CLARA – DIA 

Clara abre a porta do quarto de hotel. Sabrina entra toda alegre, pulando na cama. Clara vai à sacada, Luca a vê e se dirige ao local. 

Clara – Hoje iniciamos uma nova fase de nossas vidas… 

Luca – Vai dar certo, acredite! 

Luca põe a mão sob a de Clara na sacada. Se olham confiantes. 

SP – CEMITÉRIO – EXTERIOR – DIA 

Marta, mãe de Léo e Maju é enterrada. Muitos amigos e familiares presentes. [flashback] 

Marta apanha a mão de Léo e a beija. Com dificuldades de respirar, fala.  

Marta – Saia dessa vida enquanto há tempo. Hoje fui eu, amanhã pode ser você querido, morri por você meu filho. Te amo.  

Ela morre.  

Léo – Mãeee! 

[fim de flashback] 

Maju – Tá bem? 

Léo – Na medida do possível sim. 

Se abraçam. 

STOCK-SHOTS – TARDE 

Imagens da Avenida Paulista. 

CORTA PARA: SP – REPÚBLICA – EXTERIOR – DIA 

Pela primeira vez, Luca sai as ruas de São Paulo. Numa das várias do bairro da República, Luca assiste a apresentação de Gui, um jovem artista de rua que toca e canta. Ao término, Luca coloca dinheiro no chapéu de doações no chão. Gui vê. 

Gui – Obrigado por me ajudar. Quer que eu cante alguma musica especial? 

Se olham.

SONOPLASTIA: TEMA LUCA E GUI – PAPEL PICADO (NANDA SAFF)

Um andarilho aproveita descuido, e rouba chapéu com dinheiro de Gui. 

Gui – Ei! Fui roubado! Volta aqui! Já volto pra cantar a sua música. 

Gui sai correndo atrás do andarilho. Luca permanece no local, cuidando do violão e dos pertences de Gui. A Rota aparece, e vendedores ambulantes se desesperam, guardando as bugigangas, saem de pressa. Luca se desespera, junta as coisas de Gui e corre mas é alcançado. 

Policial 1 – Para, para, para! Mãos na cabeça, pernas juntas! 

Policial 2 – Estava fugindo porque? Deve alguma coisa?! 

Luca – Não senhor… 

Policial 3 – E essas coisas? 

Luca – Nem minhas são! É de um cara que estava cantando, que acabou sendo assaltado e foi atrás do meliante! Fiquei pra tomar conta. 

Policiais se olham e riem.   

Policial 1 – Quem você quer enganar? Tá detido, vai cantar á partir de agora é na sela da delegacia! 

Luca amedrontado.

fimdocap

ATENÇÃO:

Excepcionalmente neste sábado, dia 23, exibiremos dois capítulos da web-novela, o de quinta-feira e o de sexta, que por imprevistos não foram postados. Leia as 20H30 o 5° capítulo de “Clichê Adolescente”.

Curta a fan page de “Clichê Adolescente 2” e fique por dentro do que vem por aí >> Fb.com/clicheadolescente


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s